Bandidos tentam assaltar banco do Brasil e Bradesco de FN e espalham medo e terror na cidade

371
6704

BRASIL

Curiosos: População perplexa com mais uma investida de assalto ao banco.
Abaixo banco Bradesco

BRADESCO

Fortaleza dos Nogueiras viveu momentos de pânico na noite de ontem (13). Cerca de 9 homens fortemente armados invadiram o centro da cidade espalhando medo e terror aos moradores.

Os meliantes fizeram vários disparos na sede do DPM de Fortaleza, momento em que se encontrava apenas o sargento Martins, comandante do DPM. “Foi por volta das 23 horas, quando fomos atacados aqui por elementos atirando no prédio da polícia. Eu estava só no momento, pois a viatura estava fazendo uma ronda. Eles começaram a atirar, muitos tiros aqui e em direção ao centro onde ficam os bancos”, informou o sargento.

O GOE (Grupo de Operações Especiais) de Balsas e a polícia de Nova Colinas foram acionados e, quando chegou, os homens já haviam evadido do local.

DPM

DPM de FN: Percebe-se nas paredes as marcas das balas

Não houve confronto com a polícia, mas na tentativa de assaltar os bancos do Brasil e Bradesco cinco pessoas foram feitas de reféns, inclusive o prefeito eleito Aleandro Passarinho, que estava voltando para casa de uma reza no interior do município na localidade Poço. Eles o puseram dentro de uma caminhonete Hilux, partindo em direção à delegacia, momento em que o carro de Passarinho, uma SW4 chocou-se com a traseira da Hilux danificando totalmente a parte frontal do veículo.

CRRO DE ALEANDRO

SW4: Carro do prefeito eleito

Eles liberaram os reféns nas imediações da chácara do prefeito Nogueira ordenando que estes saíssem do carro, mas como Aleandro não conseguiu sair do veículo, por permanecer vários minutos em pé com as mãos ao alto, eles o atiraram para fora machucando suas costelas na parte lateral do carro, após pisarem-lhe o pescoço e lhe darem muitos chutes.

À frente dos bancos eles efetuaram vários disparos contra as agências e soltaram bombas dentro do Banco do Brasil.

Um rapaz teve sua motocicleta sob o poder dos bandidos e completamente alvejada por vários disparos.

HILLUX

Na saída eles deixaram uma arma fuzil calibre 762 (foto abaixo) e atearam fogo na Hilux (Foto acima) próximo à ponte do riacho Mosquito, no local conhecido como cai n’água.

FUZIL

A ação durou em torno de 30 a 40 minutos.

A polícia está no local e nas imediações na tentativa de localizar os meliantes e prendê-los.

Esta já é a sexta investigada de assalto contra o Banco do Brasil na cidade. Depois do assalto ocorrido em abril de 2015, no qual os meliantes puseram a agência abaixo sob efeito de várias bombas, esta foi a maior tentativa até então.

O banco não informou se eles levaram algum dinheiro ou a quantia roubada.

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPEC do Teto é aprovada e congela gastos por 20 anos
Próximo artigoTá com saudade do Renato Russo? Em janeiro tem música inédita
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.