Em programa de Pedro Bial entrevistado falará muito

297
1916
PEDRO BIAL E LÁZARO RAMOSDEBATE SOBRE O CRIANÇA ESPERANÇA / 2016: PEDRO BIAL ENTREVISTA LÁZARO RAMOS

O talk show que Pedro Bial apresentará na Globo a partir de maio, no lugar do Programa do Jô, começa a tomar forma. Mantido em sigilo pela emissora, o formato terá entrevistas com a participação de especialistas, como Drauzio Varella e Eduardo Bueno, e será ilustrado por reportagens _algumas feitas pelo próprio Bial, a maioria por jornalistas contratados. Pilotos serão gravados nos próximos dias.

Nos bastidores da Globo, o programa já está sendo comparado ao Na Moral, exibido entre 2012 e 2014, mas sem embates entre correntes diferentes de pensamento. As participações de colunistas e de repórteres complementarão e aprofundarão o assunto do dia. Os especialistas aparecerão apenas quando o convidado da noite falar sobre o tema que domina.

Apesar do pool de colunistas e das reportagens, a estrela de cada edição será o entrevistado. Ele é quem falará mais, e muito. A atração, que deverá ter a palavra conversa no nome, será muito mais talk e bem pouco show.

A produção do programa passou as últimas semanas montando um time de iluminados, como estão sendo chamados os colunistas. A ideia é contar com pelo menos dez especialistas em áreas como saúde (Varella), história (Bueno), religião (provavelmente um ex-padre), política, economia, segurança pública, comportamento, terceiro setor, etc.

Os profissionais do programa já trabalham em ritmo acelerado na Globo de São Paulo. Bial ocupa a mesma sala que foi de Jô. A estreia está prevista (mas ainda não confirmada) para 1º de maio.

FONTE: UOL COM ADAPTAÇÕES GAZETA ONLINEG

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPrefeitura de São Pedro dos Crentes recupera trecho da Rua Jericó
Próximo artigoLocais de provas do Vestibular 2017/1 EaD UFMA já estão disponíveis
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.