Hildo Rocha destaca resultados de intercâmbio entre cidades portuguesa e brasileira

0
170

FOTO 03• PORTUGAL • VISITA BIOCANT • 28_07_2017Visita a Biocant

O deputado federal Hildo Rocha integrou comitiva que participou, na semana passada, de visita oficial em cumprimento ao protocolo de geminação firmado entre Cantanhede de Portugal e Cantanhede do Maranhão. Em comemoração aos 22 anos do pacto de geminação, e ao aniversário de 503 anos de fundação da cidade de Cantanhede (Portugal) realizou-se sessão solene no Palácio Marques de Marialva, sede do poder camarário executivo local. 

Rocha destacou os laços históricos, culturais, comerciais e afetivos que unem as duas cidades. Rocha ressaltou que graças à coragem, determinação e à inteligência de Pedro Teixeira, natural da Cantanhede portuguesa, o Brasil possui o status de país continental. “Para desbravar a Amazônia, Pedro Teixeira organizou e comandou uma expedição partindo de Belém, no estado do Pará. Subiu os rios Amazonas e Negro, alcançou Quito no Equador e, em nome do Rei de Portugal reivindicou a posse desse território criando assim as condições para que a coroa portuguesa reivindicasse a posse da vasta área da Amazônia que hoje pertence ao Brasil”, explicou o deputado. 

Geminação

Em 1995, por meio de projeto de autoria de Hildo Rocha, então vereador e presidente da Câmara, os poderes legislativos de Cantanhede de Portugal e Cantanhede do Maranhão assinaram protocolo de geminação entre as duas cidades, nos Paços do Concelho de Cantanhede (Portugal). Rocha destacou ainda que ele foi um dos participantes da solenidade que tornou as duas cidades irmãs.

FOTO 01• PORTUGAL • SESÃO SOLENE DAS CIDADES GEMINADAS • 25_07_2017
Sessão Solene da Cidades Geminadas

“Hoje, 22 anos depois, aqui estou para reforçar esses importantes laços de amizade que nos unem pela cultura e, principalmente, pela história. Ressalto a importância de Pedro Teixeira, filho desta terra, que além de ter conquistado imensa faixa territorial para o Brasil, ao lado de Jerônimo de Albuquerque, outro bravo português, lutou pela expulsão dos franceses que haviam invadido terras maranhenses”, declarou Hildo Rocha. 

Além de Hildo Rocha também participaram do ato o prefeito de Cantanhede/MA, Marco Antonio Rodrigues de Sousa (Ruivo); o secretário de Governo, Carlito Amaral e o vereador, Jorismar Santos. 

Pauta

Os visitantes participaram de encontros e debates sobre a revitalização da Praça Marquês de Marialva; Projeto Barbados; Relógio dos 300 anos; doação de um terreno e ainda sobre obra iniciada por empresários portugueses, do ramo de hotelaria. 

Resultados positivos

Como resultado prático do intercâmbio, a Cantanhede Turismo Ltda., proprietária de prédio projetado para abrigar hotel em Cantanhede/MA, anunciou a doação do empreendimento para o município brasileiro. A obra que está parada há anos deverá ser reiniciada e o prédio será adaptado para servir de nova sede do poder executivo municipal. 

A comitiva maranhense participou da tradicional Expofacic (Exposição, Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede), maior feira do centro de Portugal; visitou o Biocant Park, instituição do município de Cantanhede, que realiza pesquisa avançada na área de biotecnologia e conheceu a Biblioteca na Praia, instituição que recebe milhares de turistas que visitam a Praia da Tocha, no período de verão, na Europa. A biblioteca, localizada estrategicamente de frente para o Atlântico, disponibiliza obras de vários autores, jornais; revistas, serviço de internet e jogos eletrônicos.

Outra entidade visitada foi o Museu da Arte da Pesca, espaço com miniaturas, pinturas, instrumentos de pesca, sala multimídia e diferentes meios de expor informações acerca da atividade pesqueira no na cidade de Cantanhede (Portugal).FOTO 02• PORTUGAL • VISITA BIOCANT • 28_07_2017Outro aspecto da visita a Biocant

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorGrande expectativa para o Festejo do Menino Jesus de FN
Próximo artigoHildo Rocha comandará audiência sobre reestruturação do sistema penitenciário brasileiro
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.