“Nós proporcionaremos uma saúde humana”, diz secretário de saúde Celso Horácio

286
4718

Ele enfatiza que o vice-prefeito Júnior da Socorro, com conhecimento de causa é o grande auxiliar da saúde

CELSOCelso Horácio: Secretário fará uma saúde humanitária, tratando todos por igual, sem fazer distinção

A reforma do hospital de Fortaleza dos Nogueiras já iniciou; há médico todos os dias; o trabalho de atendimento tem sido feito com afinco para que as pessoas tenham uma “saúde humana”, conforme afirmou o secretário Celso Horácio em entrevista para o nosso Gazeta OnlineG. E ainda enfatizou algo que no mínimo pode ser definido como humildade: “Eu sou igual a qualquer um”, explicando acerca do atendimento. “Tem gente que se acha superior a todo mundo. Mas atendimento prioritário não vai existir, exceto urgência/emergência”.

Como foi assumir a Secretária de Saúde? – Foi mesmo um desafio. Pelo fato do Júnior [vice-prefeito] ser conhecedor da saúde e por ele já vir auxiliando o povo de Fortaleza nessa questão, o Aleandro pediu que ele tomasse de conta da saúde. Daí então o Júnior me perguntou se eu aceitava o desafio de dirigir a saúde. E nesses 11 dias em que assumi, eu digo que eu não tenho um braço direito, tenho dois braços direitos:  Dra. Izana – uma profissional (enfermeira) competentíssima e, a Antônia Maria – administradora hospitalar, que exerce sua função como ninguém. E por trás de nós temos o Júnior, que é o nosso grande auxiliar, de fato conhecedor da saúde e, eu estou aqui pela parte humana, por ser profissional da área e também entender do assunto. E sobretudo, para ajudar.

O que a saúde tem proporcionado para o usuário nessa uma semana e meia? – Você pode prestar atenção e falar com as pessoas, que durante esses 11 dias não faltou médico no hospital e, não é só início, queremos que fique durante toda a gestão. Inclusive nos postos de saúde. Único dia em que não vai ter médico nos postos será na quarta-feira, mas o dia inteiro terá plantonista no hospital, Dr. Caio.

Reforma: Preparação do pisoPISO

Detalhando sobre médicos nos postos e especialidades. – Temos a Dra. Yasnay no posto da Trezidela que atenderá de segunda a quinta-feira; temos também especialistas como o Dr. Luciano que estará nos auxiliando tanto na parte cirúrgica como em endoscopia, transvaginal e ultrassom; Dr. Caio – algumas cirurgias; Dr. Roberto, outro cubano, que não é do programa Mais Médicos, mas que faz parte da nossa equipe; temos a Dr. Janaína, que nos auxiliará nos postos da Gameleira e do Crueira (Bonito); temos o Dr. Sávio que será o médico de todas as quintas-feiras pela manhã e à tarde no posto do bairro Nova Fortaleza.

E no bairro Recreio… – Estamos esperando a definição dos dois médicos concursados que temos, que são o Dr. Zé Arnaldo e Dr. Edimilson. Até agora eles não deram nenhuma justificativa [do não comparecimento].

Qual a maior preocupação da saúde no momento? – É desde a chegada até a saída. Eu tento passar para todos os funcionários [colaboradores] da saúde de que eu sou igual a qualquer um. Todavia, exijo que na chegada nosso paciente seja bem atendido, bem como no decorrer, na internação e na saída. Todos sabem que quando o paciente vem para o ambulatório, já vem debilitado e, queremos um atendimento humano; priorizar principalmente aqueles mais debilitados, os mais necessitados. Tem gente que se sente superior a todo mundo. Claro que tem urgência e emergência, que merece pronto atendimento. Mas questão de prioridade não vai existir.

Exceto urgência e emergência – Exceto isso. Essa de ‘eu sou fulano de tal’. Não existe isso aqui. É ordem de chegada, será atendido igual aos outros. A gente quer fazer com que a saúde não só melhore, mas que sirva de modelo para os outros municípios. E com o apoio do nosso gestor, juntamente com nosso vice que vai ser, como eu conheço, muito atuante, contamos com a gestão para que esta saúde seja modelo.

E sobre equipamentos para o hospital. Há o aparelho de raio X e, chegou recentemente uma lixadeira e escovadeira elétrica… – Ela limpa e pule o chão, algo que nunca teve aqui. Temos de começar pela limpeza para poder dar exemplo. Em relação a raio X teremos quatro profissionais na radiologia. Não vai existir esse negócio de que só vai ter raio x tal dia. Nós vamos ter plantonistas, porque a gente não escolhe o dia de adoecer ou ter um acidente. Então são recursos que os médicos não tinham e hoje têm. No caso das ultrassonografias, como a demanda não é tão grande, elas serão feitas quinzenalmente em um grande montante, mas se for de emergência tem o pronto atendimento. A radiologia ainda não está funcionando porque falta uma peça do aparelho, mas que já foi mandado comprar e logo, logo estará em funcionamento.

Como a saúde se encontra em relação ao transporte de ambulância? – Encontramos as duas ambulâncias quebradas. Uma totalmente e a outra em manutenção em Balsas. Quando fomos procurar essa ambulância ela já estava com um valor exorbitante, tal valor já tinha sido pago pela gestão anterior, e quando fomos já tinha outros problemas. Então o prefeito para fazer com que essa ambulância chegue aqui em um ótimo estado, mandou fazer a revisão total, por isso que ela ainda não retornou. Ela virá toda padronizada, com slogan da prefeitura; creio que esta semana ela chegue. A da Renault, que estava quebrada aí, quando tiver toda ok, padronizada etc. iremos mandar para o Bonito para fazer a ponte entre aquela localidade e a Gameleira. Para facilitar, por exemplo, se tiver alguma urgência chegar em tempo aqui. E estamos esperando uma outra ambulância, que foi uma emenda que ele [prefeito Aleandro] conseguiu.

“Queremos que a saúde não só melhore, mas que sirva de modelo para os outros municípios”

 

Saúde odontológica. O que a secretaria está trabalhando nesse sentido? – As nossas UBS (Unidade Básica de Saúde), todas são compostas por uma clínica odontológica. Só que nós encontramos apenas a do bairro Nova Fortaleza funcionado; e a da Trezidela funcionando com algumas restrições. Então chamamos uma equipe responsável pela manutenção dessas cadeiras odontológicas e instrumentais para saber o que estava faltando e o que precisa para poder começar a funcionar. De momento ainda não estamos fazendo esse atendimento, mas assim que essas cadeiras estiverem próprias para o funcionamento, iremos começar em todos os postos, todos os dias. Algumas gestões atrás existia os dias de atendimento dos dentistas. E hoje o nosso gestor quer que todos os dias tenha esse atendimento, com exceção dos postos do interior, que terá o dia determinado.

O hospital também está passando por uma reforma. – É uma reforma por etapa. Estamos retirando todo tipo de porta, que estavam degradadas; vamos repor com porta de vidro; o piso onde também já estava deteriorado, iremos colocar tudo novo; e climatizar. Pegamos o hospital em um dia de chuva, fiquei abismado com a quantidade de água que entrou. Esse tipo de reforma é para melhorar as condições de atendimento.

Recomendação ou recado para os usuários da saúde. – O que a gente quer falar para a população sobre o pronto atendimento é que o paciente só pensa em ir para o hospital e, nós não temos médico só no hospital. Hoje mesmo, temos médico na Trezidela e, o hospital está cheio. A gente então conversa com esse pessoal, num montante vai um pouco, mas quase que na totalidade as pessoas ficam mesmo no hospital. Queremos que esse pessoal se informe mais; iremos divulgar com avisos, panfletos dizendo onde estarão esses médicos para que possamos desafogar o hospital. Em suma, como eu disse anteriormente o nosso objetivo é fazer uma saúde de excelência, que seja modelo para os municípios circunvizinhos.

LIXADEIRA E POLIDEIRA ELÉTRICAEquipamento inovador na saúde: Lixadeira e escovadeira elétrica
Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorProfessora capixaba faz ensaio sensual por causa de traição
Próximo artigoCom fotos de pelos pubianos Madonna convoca para marcha anti- Donald Trump
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.