Projeto de Hildo Rocha penaliza bancos que deixarem faltar dinheiro nos terminais de autoatendimento

0
24

Proposta do deputado federal Hildo Rocha (PLP 267/2016) que obriga os bancos a disponibilizar nos caixas eletrônicos dinheiro em espécie em quantidade suficiente para atendimento dos clientes, inclusive nos fins de semana já recebeu parecer favorável na Comissão de Finanças e Tributação. Pela proposta, quem descumprir a regra estará sujeito às penalidades estabelecidas pela Lei da Reforma Bancária (Lei Complementar 4.595/64, que incluem advertência, multa e até prisão. 

De acordo com Hildo Rocha, nos últimos anos, o setor bancário passou por reformas que incluíram a redução de postos de atendimento. “Nesse processo, também se diminuiu o período para atendimento ao público. Para compensar, as instituições bancárias instalaram terminais eletrônicos de autoatendimento. Entretanto, muitas vezes, os clientes se defrontam com a falta de papel-moeda nos terminais, especialmente nos fins de semana”, argumentou o parlamentar. 

O relator, deputado Mauro Pereira (MDB/RS), considerou que a matéria tem relevância porque grande parte da população, que depende dos caixas para realizar atividades econômicas básicas frequentemente se defrontam com a falta de papel-moeda nos equipamentos de autoatendimento, especialmente nos finais de semana, quando não têm a opção de comparecer às agências bancárias.

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm busca de melhorias na infraestrutura e apoio na emancipação, moradores de Rampa se reúnem com o deputado Hildo Rocha
Próximo artigoJustiça mantém suspensa posse de Cristiane Brasil em ministério
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.