Tríduo pedagógico relata “Motivação e Prática Pedagógica no Combate à Indisciplina”

252
1983

Em encerramento do seminário prefeito anuncia prêmio para alunos destaques

PÚBLICO COM PROFESSOR MESTRE DIEGO ANDRADADocentes: Extrema atenção à palestra de Diego Andrada

Aconteceu em três dias intensos (22-24) de palestras e trocas de experiências, numa interação entre docentes e facilitadores na busca de uma prática pedagógica que vise a melhoria da prestação de serviços na educação do município. Foi o chamado tríduo pedagógico, que começou com a solenidade de abertura na boate Bambu Music, dia 21.

O seminário teve como facilitadores Diego Nestor Soardi Andrada – Mestre de Gestão estratégica nas organizações; Jarede Sousa Barros Oliveira – Pedagoga, especialista em Psicopedagogia e Jeanette Rego Gomes – Pedagoga, Graduada em Letras e Pós-Graduada em Gestão Escolar e Docência do Ensino Superior.

A Secretária de Educação Maria Martins dos Santos disse que “nós temos uma classe de professores um pouco desmotivada”. “E sem motivação não há aprendizagem; que nós possamos motivar nossos alunos e a nós mesmos, a nossa autoestima, pois se nós professores estivermos motivados com certeza vamos desenvolver um bom trabalho e assim teremos uma educação de qualidade. E esta é uma das preocupações do prefeito Aleandro Passarinho, por isso estamos buscando novas metodologias, nesses três dias, com profissionais qualificados enriquecendo nosso conhecimento”.

Com o tema Motivação e Prática Pedagógica no Combate à Indisciplina, o seminário proporcionou a troca de experiências entre os docentes em suas vivências em sala de aula. E o ato de “combater a indisciplina é um dos maiores desafios da educação”, segundo Jeanette Rego. “Assim como o professor querer mudar sua prática na sala de aula. Mudar é difícil e, o docente tem que estar nessa mudança, porque nossos alunos estão no século XXI e nossos professores ainda estão no século XIX. A maioria da educação no Brasil é assim. Os professores não aceitam os desafios que estão vindo na educação”. E tem outros fatores, diz a Pedagoga: “Os professores botam culpa nos salários baixos; a família quase que entregou toda sua responsabilidade para a escola, pois além de ensinar os conteúdos das disciplinas, o professor ainda tem de ensinar o aluno a dizer: com licença, por favor, muito obrigado; coisas que o aluno tem que chegar na escola sabendo”.

No encerramento, o prefeito Aleandro Passarinho propôs aos docentes e, eles corroboram com seu pensamento, uma premiação para o aluno destaque. Trata-se do boletim de ouro, prata, bronze e diamante – uma política de valorização e reconhecimento pela dedicação, excelência em avaliação (maiores notas) disciplina, bom comportamento e pontualidade do aluno. A premiação se estende para além do boletim. Os alunos destaque ganharão um passeio em um ponto turístico à escolha, no Estado.

Os alunos premiados com o boletim diamante terão o reconhecimento da câmara de vereadores e do município; ganharão uma bicicleta, uma medalha, um banner na entrada da cidade com a foto de todos os alunos diamantes.

O prefeito anunciou ainda que os professores receberão uma diferença pecuniária em seus vencimentos. Diz respeito a uma per capita que o governo deixou de repassar, quando da transição de Fundef para Fundeb. A CNM (Confederação Nacional dos Municípios) entrou na justiça para reaver este direito e ganhou a causa.

ALEANDRO E MARIA ENQUANTO REALIZAM SORTEIO

Sorteio: Secretária de Educação Maria Martins e prefeito Aleandro Passarinho sorteiam notebook

Passarinho disse também que estará presente nas escolas, pois “a presença do gestor é importante para que ele esteja por dentro do que está acontecendo, focando naquilo que ele quer para o município, acompanhando o desenvolvimento do processo das escolas”.

Sobre a o ato de responsabilizar o aluno por sua carteira, por exemplo, conforme disse em sua fala, o prefeito explicou que desta forma estará “responsabilizando aluno com a escola e a educação”.

No final houve um sorteio de um notebook para os professores.

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo anteriorCarnaval de Fortaleza dos Nogueiras É Só Alegria
Próximo artigoPrefeito de São Pedro dos Crentes inaugura obras em apenas 60 dias de governo
Alex de Brito Limeira é jornalista e escritor. Esteve sete vezes entre os melhores novos escritores do país em concursos literários promovidos por casas editoriais de São Paulo e Rio de Janeiro. Escreve poesias e ficção. Em Abril de 2011 lançou o romance O Crime da Santa. Foi repórter no jornal Folha do Maranhão do Sul, em Carolina – MA; Instrutor autônomo de redação discursiva e dissertativa. Em Fortaleza dos Nogueiras é pioneiro na comunicação social - jornalismo, ao fundar, editar e apresentar o Jornal da Cidade, na rádio Cidade FM de 2003 a meados de 2004. Em seguida fundou a Gazeta Sul Maranhense (Fortaleza dos Nogueiras e região) e o site Gazeta OnlineG, ambos em ampla expansão.