UTC em FN persegue jovens e culmina em morte dos dois

0
2371

Perícia fez reconstituição dos fatos e inquérito será instaurado 

Os jovens (foto) estariam empinando uma motocicleta Pop 100, na terça-feira (26) e, ao perceberem a aproximação da polícia (UTC – Unidade Tática das Cidades) saíram em disparada até o momento em que acontece o abalroamento da viatura com a motocicleta, conforme relato de Leonardo que, estava na casa de seu sogro e presenciou o momento. “A viatura vinha no asseiro, topada. Eles descontrolaram aqui e ela já pegou eles. Lá na frente eles [policiais] pararam, depois deles; o policial saiu da viatura, quando viu que eles estavam feridos, só fizeram entrar na viatura e desceram para o hospital”.

Também foi relatado que os policiais prestaram socorro às vítimas.

Verificação do local: Investigador Wagner e escrivã Doriam, juntamente com os advogados Diogo Rossi e Renata Carvalho e o vereador Gesmar Nogueira checam local onde findou a perseguição

O adolescente H., morreu no local e, o outro, J., faleceu um dia após no hospital HBU (Balsas Urgente) na cidade Balsas.

Ontem o investigador Wagner, nomeado perito ad hoc percorreu o local da perseguição, fazendo uma constituição prévia do ocorrido. Ele estava acompanhado da escrivã da polícia civil, Doriam. Ambos ouviram testemunhas, seus relatos e, ainda fizeram uma simulação de parte do percurso em que a motocicleta percorreu, bem como, colocaram outras testemunhas deitadas no local, onde segunda elas, os jovens caíram.

“A gente tem que fazer do pessoal que está aqui e fazer do pessoal que estava na ocorrência, os policiais, para eles contarem a versão deles, justamente para ver se tem divergência”, informou Dr. Wagner, perito ad hoc. “Tem apreensão de algumas roupas. Essas vestimentas vão ser enviadas para Imperatriz para que se possa identificar se tem marcas de pneu sob as vestes que o pessoal estava utilizando. (…) A Pop 100: só amassada do lado direito; na parte trazeira do veículo não foi possível verificar nenhuma situação de colisão. Em relação à viatura da polícia militar que estaria nessa perseguição eu verifiquei a parte inferior, parte frontal e nenhuma parte dela foi possível identificar indícios de colisão, abalroamento”, concluiu.

Simulação: Jovens deitam no chão tal qual estavam as vítimas

Um inquérito será instaurado para apurar o caso, que deverá ser concluído em 30 dias.

Estão acompanhado o caso os advogados Dr. Diogo Rossi e Dra. Renata Carvalho. “Estamos acompanhando, visando assegurar a aplicação da Lei, seja na seara criminal, onde visa punir os supostos envolvidos, seja na seara civil, que visa punir o Estado pelos atos praticados por seus PMs”.

Segundo informações da polícia militar os soldados Wellington, Renato e João Neto, que estariam na viatura, já foram afastados de suas funções.

Até o momento ainda não conseguimos contato com o comando da UTC da regional de Fortaleza dos Nogueiras.

Abaixo a motocicleta Pop 100

Facebook Comments